Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 10 de setembro de 2011

Cinco presos são mortos na Penitenciária 2 de Serra Azul

Condenados por estupro, detentos que foram assassinados estavam em área considerada ‘segura’

Jucimara de Pauda

Cinco presos morreram durante uma briga na Penitenciária 2 de Serra Azul, local que abriga detentos condenados por violência sexual, na tarde desta sexta-feira (9). Os mortos estavam em uma ala do seguro separados dos outros presos. Três foram decapitados e dois tiveram os pescoços cortados, mas não foram separados da cabeça.
"Eles mataram cinco Jacks [estupradores] para conquistarem uma posição no mundo do crime e ganharem o respeito da comunidade criminosa", diz Daniel Rondi, advogado que foi ao presídio com a Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).
Segundo a reportagem apurou, os presos usaram uma arma improvisada com a metade de uma tesoura amarrada a um pedaço de madeira com um pano para cometer o crime. Após o assassinato, as cabeças foram jogadas pelo presídio.
"Os funcionários da funerária tiveram que pegar um saco e sair procurando as cabeças", diz uma pessoa que trabalhou no recolhimento dos corpos e pediu para não ser identificada.
De acordo com informações colhidas pela reportagem, dois detentos apelidados de Lúcifer e MacGyver se uniram a cinco presos, invadiram as celas do seguro e cometeram os crimes.
Os suspeitos de terem matado os presos pertenciam ao PCC (Primeiro Comando da Capital) e hoje são integrantes da Seita Satânica. Os detentos mortos eram do CRBC (Comando Revolucionário Brasileiro da Criminalidade).
Lúcifer e MacGyver não são criminosos sexuais e foram transferidos de outras unidades para Serra Azul e colocados nas celas de seguro ao lado dos estupradores, pois também não são aceitos pelos demais presos.
Outro lado
Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) foi registrado um ato de insubordinação com a participação de sete presos na Penitenciária 2 de Serra Azul. A nota diz, ainda, que os autores foram autuados em flagrante delito pelos crimes cometidos e serão transferidos para o presídio de Presidente Bernardes, onde ficarão em regime disciplinar diferenciado. A SAP informa, também, que os fatos serão apurados com rigor.
Dobro
A Penitenciária 2 de Serra Azul tem capacidade para 768 detentos, mas está com 1.530, isto é, com 99% a mais do que o máximo.
"O lugar é um barril de pólvora prestes a explodir", diz Daniel Rondi, advogado. A unidade também tem recebido presos em trânsito, isto é, detentos de outros presídios que ficam na ala do seguro ao lado de estupradores, criminosos que não têm o respeito da população carcerária.
"A superlotação contribui para este tipo de ocorrência aliada aos poucos funcionários, mas acreditamos que este caso foi isolado e serviu apenas para os presos demonstrarem força", diz Vanderley Caixe Filho, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) regional de Ribeirão Preto, que esteve no presídio.

Fonte:http://www.jornalacidade.com.br/editorias/cidades/2011/09/09/cinco-presos-sao-mortos-na-penitenciaria-2-de-serra-azul.html

Um comentário:

  1. eu acho que esses caras ficam aí estuprando as crianças, mulheres eles tem mais é que pagarem com a vida deles mesmo, pq quem vai apagar o que eles fizeram? e o psicológico das crianças e das mulheres como ficam? e se eles estivessem estuprado uma filha de vcs ou um ente familiar vcs iriam pensar dessa forma. pra eles tinham que ter prisao perpétua ou pena de morte. foi bem feito pra eles mesmo. essa é minha opiniao.

    ResponderExcluir